FAQ

Questões frequentes
  1. O que é o i-Size?
  2. Por que foi desenvolvido o i-Size?
  3. Por que é necessário o i-Size?
  4. Quando é que a nova legislação entra em vigor?
  5. Quem esteve envolvido na definição da nova legislação i-Size?
  6. Qual é o papel da Bébé Confort nisto?
  7. O i-Size é um novo regulamento ou uma legislação (lei)?
  8. Substitui a actual legislação ECE R44?
  9. Qual é a diferença entre o i-Size e a actual ECE R44?
  10. Porquê o nome i-Size?
  11. Por que é mais seguro transportar uma criança em posição voltada para a retaguarda em vez de voltada para a frente?
  12. Também há automóveis i-Size a ser desenvolvidos? Como é que isto afecta a montagem de cadeiras-auto em automóveis (Listas de marcas compatíveis) e quando se espera que cheguem ao mercado?
  13. Qual é o efeito dos airbags laterais quando se viaja por mais tempo em posição voltada para a retaguarda?
  14. Se viajar em posição voltada para a retaguarda durante mais tempo é mais seguro, as actuais cadeiras-auto como a Pearl / Axiss / Rubi deixaram de ser seguras?
  15. Porquê a posição voltada para a retaguarda, no mínimo, até aos 15 meses? Por que não 4 anos?
  16. Por que é mais comum a posição de viajar voltada para a retaguarda na Escandinávia do que no resto da Europa.
  17. Por que é que a decisão de mudança para uma cadeira-auto maior deixou de estar dependente do peso para passar a estar dependente do comprimento da criança? Por que não tomar uma decisão de mudança para uma cadeira maior com base na idade da criança?
  18. Por que não usa a legislação um comprimento mínimo para a posição voltada para a frente, mas, em vez disso, os 15 meses?
  19. O que fará a Bébé Confort para permitir a viagem na posição voltada para a retaguarda durante mais tempo?
  20. Por que mudam os pais actualmente para uma cadeira maior demasiado cedo?
  21. O que é o ISOFIX?
  22. Estou autorizado a utilizar uma cadeira-auto homologada pela norma i-Size?
  23. Posso usar uma cadeira-auto com homologação i-Size num automóvel ISOFIX?
  24. Posso continuar a usar as atuais cadeiras-auto ECE R44-04?

 

1. O que é o i-Size?

i-Size é uma nova norma para uma segurança acrescida. Levará a uma protecção melhorada contra forças maiores originadas por impactos laterais e frontais e uma muito melhor protecção das zonas da cabeça e pescoço da criança. O transporte na posição voltada para a retaguarda será obrigatório até aos 15 meses. O i-Size também promove o ISOFIX. A legislação i-Size estará em vigor paralelamente à actual legislação ECE R44.

O i-Size consiste em:
 

  • Protecção melhorada contra forças maiores originadas por impactos laterais e frontais e melhor protecção da cabeça e pescoço
  • A viagem na posição voltada para a retaguarda é obrigatória até aos 15 meses


    O i-Size promove o ISOFIX

  • As cadeiras-auto i-Size podem ser montadas em todos os automóveis i-Size e em quase todos os automóveis com ISOFIX
  • Classificação por comprimento para uma escolha mais fácil da cadeira-auto certa

 

2. Por que foi desenvolvido o i-Size?

O i-Size foi desenvolvido para aumentar ainda mais o nível de segurança das crianças transportadas em automóveis na Europa. Frequentemente, os pais mudam demasiado cedo de uma Gr 0+ para uma cadeira-auto maior. Esta mudança prematura da posição voltada para a retaguarda para a voltada para a frente, põe a criança em maior risco de lesão na cabeça e pescoço, porque o pescoço do bebé ainda não está suficientemente desenvolvido para aguentar a sua cabeça relativamente pesada. Além disso, a actual legislação UE (ECE R44) prevê normas de desempenho para colisões de impacto lateral.

A nova norma ajudará a criar um maior uso dos sistemas ISOFIX mais seguros. Exige que se viaje pelo menos até aos 15 meses na posição voltada para a retaguarda e inclui um requisito de desempenho mínimo para colisões com impactos laterais.

3. Porque foi desenvolvido o i-Size?

  1. Para minimizar uma instalação incorrecta e perigosa, o

     

    O i-Size promove a montagem ISOFIX, que tem menos hipóteses de ser instalado incorrectamente.

  2. Para proteger contra lesões da cabeça/pescoço até aos 15 meses

     

    Apenas quando o pescoço da criança for suficientemente forte para suportar a força do impulso de uma colisão frontal média é que ela deve viajar voltada para a frente.

 

4. Para proteger contra as colisões com impacto lateral

Actualmente, não há critérios de desempenho que tenham que ser cumpridos para colisões com impacto lateral na legislação ECE R44.

5. Para evitar a mudança prematura para uma cadeira maior

Muitos pais passam prematuramente o seu bebé para uma cadeira-auto maior voltada para a frente.

6. Quando é que a nova legislação entra em vigor? Quais são as diferentes fases do i-Size?

Prevê-se que o i-Size se torne efectivo a 9 de Julho. A partir desta data será possível para os fabricantes de cadeiras-auto homologar os seus produtos como i-Size e vendê-los no mercado.

O desenvolvimento da legislação i-Size pode ser dividido em três fases diferentes:

Fase 1

  • A legislação está terminada
  • Data prevista: 9 Julho 2013

Fase 2

  • i-Size Fase 2 de 100 para 135 cm (Gr2/3) iniciada em meados 2012
  • Data prevista: Fim 2013 / Q1 2014

Fase 3

  • i-Size Fase 3 para produtos com cinto, do nascimento a 105 cm
  • Requisitos mais severos para cadeiras-auto instaladas com cintos de segurança com arnês interno
  • Data prevista: 2015 - 2017.

7. Quem esteve envolvido na definição da nova legislação i-Size? Qual é o papel da Bébé Confort nisto?

A União Europeia formou um grupo de acção que define a legislação i-Size. Todas as seguintes partes estão envolvidas no desenvolvimento de i-Size:

Dorel é a empresa-mãe da Bébé Confort. Representantes da Dorel fazem parte do grupo i-Size. Como fabricante líder e de longa data de cadeiras-auto para crianças, a Dorel construiu um Centro Técnico avançado em França. Este centro tem tudo o que é necessário para conceber, construir e ensaiar cadeiras-auto em instalações modernas e tecnologicamente avançadas. Estas instalações juntamente com a experiência e conhecimento da Dorel na concepção e fabrico de cadeiras-auto foram utilizados pela UNECE para ajudar a desenvolver e definir a nova norma i-Size.

8. O i-Size é um novo regulamento ou uma legislação (lei)? Substitui a actual legislação ECE R44?

O i-Size é introduzido como uma nova legislação paralelamente à actual legislação ECE R44. Isto significa que, por agora, as cadeiras-auto novas podem continuar a ser homologadas como ECE R44 e os consumidores podem continuar a utilizar produtos ECE R44.

Tanto i-Size como ECE R44 são leis. Isto significa que fabricantes como a Bébé Confort podem escolher fazer cadeiras-auto segundo o i-Size e/ou ECE R44. De igual modo, os consumidores podem escolher comprar uma cadeira-auto i-Size (mais segura) ou uma cadeira-auto ECE R44 (segura).

9. Qual é a diferença entre o i-Size e a actual ECE R44?

As diferenças concretas entre a actual ECE R44 e i-Size estão resumidas na tabela abaixo:

10. Porquê o nome i-Size?

Os dispositivos com sufixo "i" são geralmente vistos como inteligentes, práticos e bem concebidos. Estas são as características desta nova norma de segurança. A palavra "Size" ("tamanho" em inglês) aparece no nome por que é o comprimento que determina em primeiro lugar o sistema de retenção de crianças, mais do que a idade ou peso.

11. Por que é mais seguro transportar uma criança em posição voltada para a retaguarda em vez de voltada para a frente?

O pescoço de uma criança forma-se com a idade e não quando atinge uma certa estatura ou massa. Até aos 15 meses, o pescoço do bebé ainda não está suficientemente desenvolvido para suportar a força do impulso de uma colisão frontal média devido à sua cabeça relativamente pesada. A pressão excessiva no pescoço do bebé pode levar a uma grave lesão no pescoço. Ao viajar voltado para a retaguarda, as forças de uma colisão frontal são mais bem distribuídas por uma área maior do corpo do bebé, o que leva a menor pressão sobre a cabeça e pescoço.

12. Também há automóveis i-Size a ser desenvolvidos? Como é que isto afecta a montagem de cadeiras-auto em automóveis (Listas de marcas compatíveis) e quando se espera que cheguem ao mercado?

Sim, estão a ser desenvolvidos automóveis i-Size ao mesmo tempo do que cadeiras-auto i-Size. Também a partir, aproximadamente, de 9 de Julho, a indústria automóvel será capaz de homologar os seus automóveis de acordo com a norma i-Size. No entanto, esta norma não é obrigatória para os construtores de automóveis, enquanto o ISOFIX é.

Uma das vantagens da legislação i-Size é que a indústria automóvel também está envolvida. O resultado é que a compatibilidade entre cadeiras-auto e automóveis é aumentada ainda mais: todas as cadeiras-auto i-Size podem ser instaladas em todos os automóveis i-Size.  Para automóveis não i-Size com pontos ISOFIX, a montagem correcta também é melhorada, mas continua a ser necessário consultar a lista de compatibilidade.

13. Qual é o efeito dos airbags laterais quando se viaja por mais tempo na posição voltada para a retaguarda?

Os airbags laterais não têm efeitos negativos nos sistemas de retenção de crianças, pelo que não afectam também a posição voltada para a retaguarda. Em alguns casos, mas não em todos, de uma colisão de impacto lateral, o airbag lateral proporcionará uma segurança adicional à criança. Este efeito dos airbags laterais não difere quer a criança esteja a viajar voltada para a frente ou para a retaguarda.

Os airbags frontais têm um impacto negativo na segurança das crianças que viajem voltadas para a retaguarda. Os airbags têm que ser desligados sempre que alguma criança viaje voltada para a retaguarda, no banco do passageiro ao lado do condutor.

14. Se viajar na posição voltada para a retaguarda durante mais tempo é mais seguro, as actuais cadeiras-auto como a Pearl / Axiss / Rubi deixaram de ser seguras?

Todas as cadeiras-auto Bébé Confort são seguras e cumprem todas as normas e requisitos de segurança em vigor. Estes produtos também são testados por institutos de ensaios independentes como o STIWA, ADAC, ANWB, ÖAMTC e TCS. Muitos destes testes também incluem parâmetros de impacto lateral. A Bébé Confort construiu um Centro Técnico avançado em França que inclui também uma plataforma de crash-tests para ensaios de colisão. Neste centro, todos os produtos são testados extensamente em termos de desempenho de segurança pela Dorel, incluindo impactos frontais e laterais e uso incorrecto.

As actuais cadeiras-auto R44/04 são totalmente seguras, enquanto as novas cadeiras-auto que permitem uma posição voltada para a retaguarda durante mais tempo podem ser consideradas ainda mais seguras.

15. Porquê a posição voltada para a retaguarda, no mínimo, até aos 15 meses? Por que não 4 anos?

Até aos 15 meses, o pescoço do bebé ainda não está suficientemente desenvolvido para suportar a força do impulso de uma colisão frontal média devido à sua cabeça relativamente pesada. A partir dos 15 meses, o pescoço está mais desenvolvido e suporta melhor as forças nas colisões frontais. O maior avanço na melhoria da segurança pode ser conseguido pelo prolongamento do transporte da criança na posição voltada para a retaguarda até aos 15 meses (em comparação com 9 meses em muitos casos).

É importante notar que a Bébé Confort recomenda o uso de cadeiras-auto voltadas para a retaguarda pelo maior tempo possível. Por isso, a Bébé Confort está a desenvolver actualmente novas cadeiras-auto que permitem a posição voltada para a retaguarda até aos 4 anos.

16. Por que é mais comum a posição de viajar voltada para a retaguarda na Escandinávia do que no resto da Europa?

Isto tem a ver com um conjunto de diferenças culturais. Em geral, na Escandinávia a segurança é uma questão bastante desenvolvida, enquanto em outros países europeus outros elementos como o conforto ou facilidade de uso são também de elevada importância. Além disso, na Escandinávia, os automóveis são em média de maiores dimensões do que em outros países europeus. Visto que os produtos voltados para a retaguarda ocupam mais espaço no automóvel, isto tem sido também um factor a considerar.

17. Por que é que a decisão de mudança para uma cadeira-auto maior deixou de estar dependente do peso para passar a estar dependente do comprimento da criança? Por que não tomar uma decisão de mudança para uma cadeira maior com base na idade da criança?

O comprimento da criança é uma escala melhor para determinar a adequabilidade de uma cadeira-auto do que o peso ou a idade. Além disso, os pais sabem melhor o comprimento das suas crianças do que o seu peso, visto que é similar aos tamanhos das roupas. Há muita variedade na relação entre o comprimento da criança e a sua idade. Sabe-se que as crianças crescem de maneira diferente, pois podem ter picos de crescimento em diferentes momentos.

A idade e o peso podem continuar a ser usados como uma indicação da adequabilidade de uma cadeira-auto a seguir ao comprimento. No entanto, o comprimento será o denominador principal visto que é ele que melhor indica se a criança se adequa bem à cadeira e quando o pai terá que mudar para a cadeira-auto seguinte.

18. Por que não usa a legislação um comprimento mínimo para a posição voltada para a frente, mas, em vez disso, os 15 meses?

Isso acontece porque a pesquisa mostrou que em média o pescoço de uma criança de 15 meses está suficientemente desenvolvido para suportar as forças de uma colisão frontal. Isto é baseado na idade da criança e não na sua estatura ou peso. Embora o transporte na posição voltada para a retaguarda seja exigida pelo menos até aos 15 meses, a Bébé Confort recomenda o transporte das crianças voltadas para a retaguarda pelo maior tempo possível.

19. O que fará a Bébé Confort para permitir a viagem na posição voltada para a retaguarda durante mais tempo?

Bébé Confort esteve activamente envolvido na definição da nova legislação i-Size. Por isso, todos os fabricantes serão obrigados no futuro a favorecer um transporte voltado para a retaguarda durante mais tempo com os seus produtos. Ao mesmo tempo, as equipas de desenvolvimento do produto estão a trabalhar em soluções que permitem um transporte voltado para a retaguarda durante mais tempo.

20. Por que mudam os pais actualmente para uma cadeira maior demasiado cedo?

Sabe-se que os pais estão ansiosos para mudar de cadeiras voltadas para a retaguarda para as voltadas para a frente, pois isso permite que o bebé interaja mais com os outros passageiros do automóvel. Uma má interpretação habitual é o limite de 9 kg para a posição voltada para a frente, que, frequentemente, é erradamente entendida como 9 meses. Outra má interpretação é que os pais pensam que a criança já está grande de mais para a cadeira-auto quando os pés da crianças ultrapassam a cadeira. Apenas quando a cabeça do bebé ultrapassa o topo da cadeira é que é a altura certa para mudar para a cadeira-auto seguinte.

Ao se basear o conselho do tipo de cadeira-auto no comprimento específico da criança ajuda-se a evitar a tentação de uma mudança prematura de uma cadeira-auto voltada para a retaguarda para uma voltada para a frente.

21. O que é o ISOFIX?

ISOFIX é um sistema de fixação internacional standardizado, que proporciona a maneira mais segura, fácil e rápida de instalar uma cadeira-auto para crianças sem necessidade dos cintos de segurança do automóvel. O nome ISOFIX é sinónimo de ISO (International Organization for Standardization) mais FIX (Fixação). As cadeiras-auto ISOFIX usam dois pontos de fixação standards na base do assento do automóvel, mais um dispositivo anti-rotação para evitar a inclinação para a frente: isto pode ser quer uma perna de apoio ou um ponto de fixação superior.

Desde 2006, a maioria dos automóveis novos estão equipados com ISOFIX e um ponto de fixação superior. O ISOFIX também é montado num grande número de marcas de automóveis construídos antes de 2006.

22. Estou autorizado a utilizar uma cadeira-auto homologada pela norma i-Size?

Sim. No dia 9 de Julho de 2013, a nova legislação UN R129 (i-Size) foi oficialmente adotada pela Comissão Económica para a Europa das Nações Unidas (UNECE). Os países da UE são obrigados a seguir os acordos celebrados ao nível da UNECE, embora alguns necessitem de adaptar a legislação nacional a estas regras.

As cadeiras-auto para crianças com aprovação i-Size são ainda mais seguras do que as cadeiras-auto para crianças com aprovação ECE R44-04 e são frequentemente referidas como super ISOFIX. A i-Size pode ser vista como uma evolução das cadeiras-auto ECE R44-04. A i-Size vem aumentar ainda mais o nível de segurança de crianças transportadas nos automóveis.

23. Posso usar uma cadeira-auto com homologação i-Size num automóvel ISOFIX?

Sim, i-Size é uma evolução das atuais cadeiras-auto ISOFIX e é frequentemente referida como super ISOFIX. As cadeiras-auto i-Size foram, desde sempre, pensadas para serem compatíveis com automóveis equipados com o sistema ISOFIX. A legislação também foi oficialmente adotada para permitir esta instalação.

24. Posso continuar a usar as atuais cadeiras-auto ECE R44-04?

Sim. Durante os próximos anos, a norma R129 funcionará em simultâneo com a atual regulamentação ECE R44/04. Contudo, no futuro, a nova norma irá prevalecer sobre a vigente.

Até lá, as cadeiras-auto homologadas com a norma ECE R44/04 podem continuar a ser comercializadas e utilizadas de forma segura.